Arquivo da tag: literatura

O amor em Grande Sertão: Veredas

“Sempre que se começa a ter amor a alguém, no ramerrão, o amor pega e cresce é porque, de certo jeito, a gente quer que isso seja, e vai, na idéia, querendo e ajudando, mas quando é destino dado, maior … Continuar lendo

Publicado em emoções, poesia, psicologia | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

“Amigo era o braço, e o aço! Amigo? Aí foi isso que eu entendi? Ah, não; amigo, para mim, é diferente. Não é um ajuste de um dar serviço ao outro, e receber, e saírem por este mundo, barganhando ajudas, … Continuar lendo

Publicado em Adolescência, Guimarães Rosa, psicologia, relações humanas | Marcado com , , | Deixe um comentário

O Amor em Grande Sertão: Veredas

                                            “Sempre que se começa a ter amor a alguém, no ramerrão, o amor pega e cresce é porque, de certo … Continuar lendo

Publicado em psicologia | Marcado com , , , | Deixe um comentário