Fronteira

“No almanaque épico da minha família está escrito que meu pai só chorou três vezes na vida. A primeira, trancado no quarto, lendo sobre os crimes comunistas. Desiludido, aos vinte e poucos vivia na utopia. A segunda com doutor Ulysses, Osmar Prado e milhares na campanha das diretas pra presidente. Meu pai se alimenta de grandes acontecimentos. Dá aulas de história num colégio de freiras.” – Oito Nove, conto (ou boato) de Luis Fernando Pereira em seu novo livro “Fronteira”.

Ainda dá tempo de prestigiar o  lançamento…

14054428_10206578491732610_2891774136305460723_o

Anúncios

Sobre Marcos E. F. Marinho

Psicólogo e Mestre em Psicologia pela PUC SP, com pesquisa sobre família, práticas educativas parentais e organizações socioeducativas. É professor da Faculdade de Psicologia, da Universidade Paulista, UNIP. Presta atendimento e orientação psicológica em consultório. Desenvolve projetos sociais e educativos para organizações públicas e privadas, além de ensino e pesquisa para instituições acadêmicas.
Esse post foi publicado em psicologia e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s